sexta-feira, 22 de julho de 2011

ser poeta.

"...um poeta torna-se um sonhador através de um longo, ilimitado e sistemático desregramento de todos os sentidos. Todas as formas de amor, de sofrimento, de loucura; investiga-se a si próprio, consome dentro de si todos os venenos e preserva as suas quintessências. Um tormento indescritível, onde irá encontrar a maior fé, uma força sobrehumana, com que se torna, de entre todos os homens, o grande inválido, o grande maldito – e o Supremo Cientista! Pois alcança o desconhecido! E que interessa se for destruído no seu vôo extático por coisas inauditas e inomináveis." - Arthur Rimbaud

5 comentários:

  1. Belíssimo texto!
    me lembrou esse pensamento da Alice Ruiz:
    "Poeta é quem vê o que não é de dizer e ainda assim diz."

    beeijo, querida!


    *bliss, amo essa música, amo Muse :)

    ResponderExcluir
  2. Passando pra te desejar uma linda semana, Larah!

    beeijo, flor!

    ResponderExcluir
  3. Faz-se da vida matéria-prima. Consome-se.

    Bonita essa visão, né?

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  4. ooi , passando pra agradecer sua visita no meu cantinho , gostei daqui ,vou seguindoo ...

    BEIJOS !

    ResponderExcluir